segunda-feira, abril 07, 2008

TRADIÇÃO DA MINHA TERRA




Santa cruz, minha terra
dos antigos coronéis
os bailes na prefeitura
dos autênticos menestréis

Feira da "rua grande"
a igreja em construção
os cegos pedindo esmola
rimam com um violão

É Natal e Ano Novo
e alegres carnavais
as festas de Santa Rita
tempos que não voltam mais

Santa Cruz das vaquejadas
das festas de São João
montaria em burro "brabo"
e cachaça com limão

As cheias do Trairi
a sêca de amargar
as promessas no cruzeiro
para o tempo melhorar

A pesca no Inharé
a caça na Samambaia
e as mocinhas bonitas
todas de mini saia

Estudar no grupo novo
desfilar no dia sete
levar puxão de orelha
respeitar dona Elizete

Terra cinquentenária
pra isso tem monumento
dos bailes e pastoris
lá no "rabo do jumento"

Santa Cruz é meu berço
meu lar e meu ardor
Santa Cruz é minha vida
Santa Cruz é meu amor.

Chl
Dez/1968.

4 comentários:

Rosemilton Silva disse...

Tive a felecidade de ser aluno de Elizete e, ao mesmo tempo, a infelcidade de vê-la morrer um dia após aplicar uma prova em que todos nós tiramos 10, privilégio de poucos como a colega de primário Goreth Nunes. Também me lembro da obrigação do 7 de setembro e padre Raimundo me lascando um zero em todas as matérias porque fui com Manu, Zé Lino e João Bosco passar o feriado com as "meninas" da Escola Normal em Tibau. Voce me lembrou a pescaria no Poço da Vaca, junto com Zé Domingos, craque na vara de pescar e no violão. Ah amigo! Lembra de subir nos andaimes da construção da Igreja? Mas até hoje não perdou Monsenhor Emerson por ter derrubado a nossa igrejinha linda, toda construída em pedra. Que pena! O nascido em Santa Cruz precisa abraçar essa sua bandeira, de resgatar nossa história. Um abraço grande. Avante, companheiro!!!

Rosemilton Silva disse...

NO cmentário tem alguns erros como infelcidade em lugar infelicidade. Perdou em vez de não consigo perdoar. Mas também não deem muita atenção ao português, eu sou ruim de gramática mesmo...

Guhn disse...

See Please Here

Hélio Crisanto disse...

Caro Chagas, sou de Santa cruz, presidente da ASPE, Associação Santacruzense de poetas e Escritores, visitei o seu blog e me vislumbrei com o conteúdo, faço o convite para participar das nossas antologias, um forte abraço.