sábado, setembro 06, 2008

MAGIA


Não sei porque existe
tanta magia
inexplicável na carne,
que a mente
não consegue dominar.
A cabeça as vezes,
tenta se impor
inadvertidamente,
sem saber
que na realidade
o amor existe
nos dedos,
nas mãos,
nos olhos,
nos pés,
nos cabelos,
no sexo,
no simples olhar.
Chl.

Set/2008

2 comentários:

RASCUNHOS -Yasmine Lemos disse...

lindo
bj

Anônimo disse...

Passeando no seu blog, entre um trabalho e outro (hora da pausa..rs), eis que deparo-me com esse lindo poema: poético e realisticamente cruel, pois, embora devamos enobrecer sempre a alma, ela_ a carne_ sempre estará a espreitar nossas fraquezas..e, invariavelmente, capitulamos, num misto de indolência e felicidade inexplicáveis..abçs, Rosany